AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Funrural: Governo vai editar duas MPS nesta segunda feira



 Na contramão da crise política ainda sem desfecho, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, acelerou a conclusão de medidas que já vinham sendo negociadas nas últimas semanas, como os parcelamentos de dívidas de produtores rurais e de empresas. A equipe econômica busca mostrar que não está refém dos últimos acontecimentos, que culminaram na abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer por organização criminosa, corrupção passiva e obstrução à Justiça.

A área econômica fechou acordo com lideranças políticas para a edição de duas MPs que permitirão o parcelamento de dívidas de produtores rurais com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) e de empresas com autarquias, fundações e órgãos de governo. Ambos os Refis preveem descontos em multas e juros. A notícia surpreendeu até mesmo o deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e que estava à frente da negociação sobre o Funrural.

Leitão disse que o motor das discussões estava “desligado” e esperava apenas para segunda-feira uma reunião sobre o tema. A nova Medida Provisória(MP) deverá ser publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira. A partir daí segue para tramitação na Câmara dos Deputados, quando receberá novas emendas. 

Meirelles tomou café da manhã no sábado com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e acertou um acordo para votar o Programa de Regularização Tributária (PRT) na próxima semana. Após de os parlamentares terem desfigurado o texto original, criando um Refis com descontos generosos nas dívidas das empresas, a área econômica concordou em abater juros, multas e encargos para que empresas possam quitar débitos com a União, segundo uma fonte do governo.

A alteração costurada entre Meirelles e Maia evita os prejuízos que o Fisco teria com a proposta aprovada na comissão especial que analisou o PRT. Inicialmente, a equipe econômica trabalhava com a possibilidade de deixar a medida provisória do programa caducar, para então enviar novo texto ao Congresso. Para a nova estratégia funcionar, porém, será preciso votar a MP até 1.º de junho.

Fonte: Estadão

Comentarios

Inserir Comentário
Data: 22/05/2017 14:03 Nome do Usuário: Thiers
Comentário: O produtor não aceita que "ele" seja descontado.Eles vendem para empresas que pagam mais "caro" e que não "o" retem.A responsabilidade deveria ser passada ao produtor, pois ele é o beneficiado .
Data: 22/05/2017 09:51 Nome do Usuário: Vinícius Andrade de Oliveira.
Comentário: Sou produtor de café e atualmente trabalho na área de compra de café, como produtor, me sinto frustrado de ter que pagar uma divida que nem mesmo eu tinha conhecimento, era escondido pelos corretores.
Contrato Cotação Variação
Março 237,90 - 5,75
Maio 238,10 - 5,70
Julho 237,20 - 5,55
Contrato Cotação Variação
Março 2.214 - 14
Maio 2.179 - 13
Julho 2.170 - 12
Contrato Cotação Variação
Março 292,65 - 3,25
Maio 291,45 - 1,55
Setembro 292,45 - 1,90
Contrato Cotação Variação
Dólar 5,4550 + 0,72
Euro 6,1860 + 0,93
Ptax 5,4401 + 0,43
  • Varginha
    Descrição Valor
    Safra 20/21 15% R$ 1600,00
    Novíssimo 25% R$ 1580,00
    Rio com 30% R$ 1450,00
    Duro/riado R$ 1500,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Pen. 14/15/16 R$ 1630,00
    Novíssimo 15% R$ 1600,00
    Rio com 25% R$ 1450,00
    Duro/riado 25% R$ 1500,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Safra 20/21 10% R$ 1620,00
    Safra 20/21 15% R$ 1600,00
    Safra 20/21 20% R$ 1590,00
    Cereja R$ 1650,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Novíssimo 10% R$ 1620,00
    Safra 20/21 15% R$ 1600,00
    Riado/rio 25% R$ 1500,00
    Cereja R$ 1650,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Safra 20/21 20% R$ 1580,00
    Novissímo 25% R$ 1570,00
    Duro/riado R$ 1480,00
    Escolha 96% R$ 1100,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 1600,00
    Novíssimo 25% R$ 1580,00
    Rio com 30% R$ 1420,00
    Duro/riado R$ 1500,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Brasileiros R$ 1743,00
    Robustos R$ 780,00
    Outros Suaves R$ 2015,00
    Colombianos R$ 2180,00
    Compostos OIC R$ 1506,00
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Cepea Arábica R$ 1487,18
    Agnocafé 20/21 R$ 1600,00
    Cepea Conilon R$ 827,58
  • Linhares
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 836,00
    Conilon T. 7 R$ 827,00
    Conilon T. 7/8 R$ 821,00