AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Universidade vê café, romã e alho como inibidores de bactérias nocivas


Pesquisadores da Buap (Universidade Autônoma de Puebla), no México, realizaram estudos com 34 espécies de plantas que podem inibir o desenvolvimento de bactérias patógenas presentes em alimentos e que são geralmente causadoras de enfermidades gastrointestinais, como a salmonela.

Seu objetivo foi identificar extratos naturais e, até agora, essa capacidade foi observada no alho, na romã e no café, segundo o mais recente relato do Conacyt (Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia).

Rocio Pérez e Terron, da Faculdade de Ciências Biológicas, efetua a análise de plantas da região, detectando efetivamente as diferentes espécies. Seu trabalho se desenvolve desde 2017 e inclui uma pesquisa documental para depois se concentrar nas plantas que são de fácil acesso para a comunidade.

"O que fazemos são extratos que inibem o desenvolvimento de bactérias patógenas. Não são antibióticos como tais, já que têm outras características, Atualmente estamos analisando a composição de 34 espécies", disse a especialista.

Esse trabalho científico se encontra em suas primeiras etapas, porém, já tem a detecção de alguns parâmetros com capacidade para inibir bactérias patógenas e encontrar a análise de característica de cada, definindo seu potencial ao ser combinado com outros compostos.

"Já temos algumas provas de inibição e temos visto que o patógeno é inibido por cada planta. Falta-nos examinar se é potencializado o efeito com mais de um extrato", indicou.

Para obter os extratos, a equipe recorreu a misturas hidroalcoólicas com que foram realizadas provas e, posteriormente, o álcool foi retirado para deixar apenas o extrato em água. Quanto ao tipo de planta, foram utilizados exemplares secos, secionados e frescos.


Fonte: Mega Notícias

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Março 104,95 + 2,55
Maio 108,05 + 2,50
Julho 110,75 + 2,50
Contrato Cotação Variação
Março 1.544 + 9
Maio 1.565 + 9
Julho 1.582 + 7
Contrato Cotação Variação
Março 126,50 + 2,25
Maio 129,75 + 2,25
Setembro 133,20 + 2,30
Contrato Cotação Variação
Dólar 3,7560 + 0,23
Euro 4,2702 - 0,03
Ptax 3,7486 - 0,28
  • Varginha
    Descrição Valor
    Peneira 14/16 R$ 435,00
    Novíssimo 15% R$ 421,00
    Rio 20% R$ 355,00
    Grinder R$ 405,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 421,00
    Novíssimo 20% R$ 415,00
    Cereja R$ 440,00
    Rio 20% R$ 355,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Novíssimo 25% R$ 410,00
    Novíssimo 17% R$ 420,00
    Safra 17/18 20% R$ 405,00
    Duro/riado R$ 400,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Novíssimo 16% R$ 420,00
    Novíssimo 25% R$ 410,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Futuro 2020 R$ 465,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 417,00
    Novíssimo 20% R$ 412,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Duro/riado/rio R$ 382,00
  • Vitória
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 308,00
    Conilon T. 7 R$ 302,00
    Conilon T. 7/8 R$ 295,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 420,00
    Novíssimo 20% R$ 412,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Duro/riado R$ 398,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Compostos OIC R$ 100,93
    Colombianos R$ 128,58
    Outros Suaves R$ 127,68
    Brasileiros R$ 101,59
    Robustos R$ 78,30
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Agnocafé R$ 421,00
    Cepe Arábica R$ 415,41
    Cepea Conilon R$ 305,42
Nedstat Basic - Free web site statistics