AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Café turco tem grande tradição e ressalta diversos sabores


Você já tomou o seu cafezinho hoje? Para muitos brasileiros, o dia não começa verdadeiramente até que essa saborosa bebida tenha entrado em seu sistema. Extremamente democrático, o café vem em diversas apresentações. Alguns o preferem preto e clássico, enquanto outros gostam de uma bela incrementada. Porém, uma das variações mais interessantes é, sem dúvida, o café turco.

Já ouviu falar sobre ele? Esse tipo de café é bastante popular e conta com uma riquíssima história. Essa preparação é muito peculiar e requer uma certa atenção e algumas ferramentas especiais para o seu preparo da maneira adequada.

Ficou curioso para conhecê-lo? Já provou esse tipo de café e quer saber mais sobre ele? Foi pensando em você que preparamos este artigo com informações sobre o café turco. Aqui, conheceremos aspectos sobre a sua história e seu preparo. Boa leitura!

Qual é a história do café turco? Antes de mais nada, é muito importante iniciarmos a nossa conversa contando um pouco da história dessa bebida. Afinal de contas, ela foi inscrita (no ano de 2013) como uma das Heranças Culturais Imateriais da Sociedade na lista da Organização das Nações Unidas Para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Isso já demonstra de modo muito claro a relevância de sua história e existência para a sociedade como um todo, atuando como uma verdadeira marca da identidade do povo turco.

Como acontece muitas outras histórias antigas, é difícil precisar exatamente quando se deu o surgimento do café na Turquia. A história estima que esse momento aconteceu em algum ponto próximo de 1500, mais ou menos no mesmo período em que egípcios e otomanos entraram em contato com a bebida pela primeira vez.

Quais são as suas principais características e diferenciais? Só há um jeito de compreender o sabor do café turco: o saboreando. Repleto de características marcantes e nuances únicas, essa bebida deve ser experimentada com muita atenção e realmente degustada.

No entanto, há algumas definições linguísticas para o seu sabor único. De modo generalizado, é possível afirmar que o café turco tem notas: torradas; picantes; adstringentes; arborizadas; terrosas; adocicadas.

Como podemos perceber, ele é cheio de personalidade, não é mesmo? Esse tipo de café é preparado de uma maneira muito diferente e há, ainda, a adição de especiarias que conferem ainda mais sabor para a bebida. Quer saber como prepará-la? Continue a leitura!

Agora, vamos aprender o modo de preparo dessa saborosa bebida e conhecer um pouco mais de suas características. Vamos lá?

Uma das primeiras coisas que devemos saber é que para essa receita, precisamos do cevze, um recipiente específico para o preparo do café na Turquia. Ele é feito em cobre e latão, assim como deve ser, de acordo com a tradição, o moedor dos grãos. Os turcos afirmam que isso deixa o sabor mais equilibrado.

Além disso, o café deve ser moído em partículas extremamente finas (quanto mais, melhor), de preferência com o moedor citado acima, que garantirá a padronização do produto. Por fim, ele é degustado em pequenas e delicadas xícaras, para que não se perca sabor e temperatura durante a degustação.

O preparo se dá da seguinte maneira: adicione água com açúcar no cevze e a ferva posteriormente; ao levantar fervura, adicione cerca de uma colher de sopa e deixe que o café flutue na superfície, sem misturar; a temperatura do fogo deve ser diminuída e elevada algumas vezes, a partir do momento que o café começar a afundar; quando ocorrer a formação de espuma, mexa a mistura delicadamente para evitar as bolhas de fervura; por fim, adicione um pouco de água fria para fazer com que o pó se precipite mais rapidamente para o fundo.

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Março 104,95 + 2,55
Maio 108,05 + 2,50
Julho 110,75 + 2,50
Contrato Cotação Variação
Março 1.544 + 9
Maio 1.565 + 9
Julho 1.582 + 7
Contrato Cotação Variação
Março 126,50 + 2,25
Maio 129,75 + 2,25
Setembro 133,20 + 2,30
Contrato Cotação Variação
Dólar 3,7560 + 0,23
Euro 4,2702 - 0,03
Ptax 3,7486 - 0,28
  • Varginha
    Descrição Valor
    Peneira 14/16 R$ 435,00
    Novíssimo 15% R$ 421,00
    Rio 20% R$ 355,00
    Grinder R$ 405,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 421,00
    Novíssimo 20% R$ 415,00
    Cereja R$ 440,00
    Rio 20% R$ 355,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Novíssimo 25% R$ 410,00
    Novíssimo 17% R$ 420,00
    Safra 17/18 20% R$ 405,00
    Duro/riado R$ 400,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Novíssimo 16% R$ 420,00
    Novíssimo 25% R$ 410,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Futuro 2020 R$ 465,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 417,00
    Novíssimo 20% R$ 412,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Duro/riado/rio R$ 382,00
  • Vitória
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 308,00
    Conilon T. 7 R$ 302,00
    Conilon T. 7/8 R$ 295,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 420,00
    Novíssimo 20% R$ 412,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Duro/riado R$ 398,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Compostos OIC R$ 100,93
    Colombianos R$ 128,58
    Outros Suaves R$ 127,68
    Brasileiros R$ 101,59
    Robustos R$ 78,30
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Agnocafé R$ 421,00
    Cepe Arábica R$ 415,41
    Cepea Conilon R$ 305,42
Nedstat Basic - Free web site statistics