AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Usar adoçantes no café pode fazer mal ao intestino


Um estudo publicado na última semana aponta que os adoçantes mais comuns disponíveis no mercado podem alterar a atuação de bactérias presentes no intestino humano, prejudicando o processo de digestão. A pesquisa foi uma colaboração entre as universidades Ben-Gurion, em Israel, e Nanyang Technological University, no Singapura.

“Minha recomendação é não usar adoçantes artificiais”, afirma Ariel Kushmaro, professor de Biotecnologia Microbial na Universidade Ben-Gurion e coordenador do estudo, publicado no periódico Molecules.

Sua conclusão acrescenta mais uma evidência à tese de que os adoçantes, apesar de provavelmente não causarem câncer, devem ser consumido com cautela.

Bactérias naturais intoxicadas

Para realizar o estudo, Kushmaro e sua equipe expuseram várias vezes um tipo especial da bactéria E. coli à presença de adoçantes comuns, como aspartame, sucralose e sacarina. Os pesquisadores concluíram que os açúcares artificiais têm um efeito tóxico e estressante sobre as bactérias, dificultando seu crescimento e reprodução.

Algumas doses de café e soda adoçadas artificialmente seriam o suficiente para dificultar o processamento de açúcares e carboidratos pelo organismo, aponta a pesquisa.

“Não estamos dizendo que [o adoçante] é tóxico para seres humanos”, observa Kushmaro. “Estamos dizendo que pode ser tóxico para as bactérias do intestino, o que, portanto, nos influenciaria”.

Fonte: Exame

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Março 104,95 0
Maio 108,05 0
Julho 110,75 0
Contrato Cotação Variação
Março 1.538 - 6
Maio 1.559 - 6
Julho 1.577 - 5
Contrato Cotação Variação
Março 125,90 - 1,05
Maio 130,70 0
Setembro 132,30 - 1,85
Contrato Cotação Variação
Dólar 3,7587 + 0,08
Euro 4,2753 + 0,23
Ptax 3,7705 + 0,58
  • Varginha
    Descrição Valor
    Peneira 14/16 R$ 435,00
    Novíssimo 15% R$ 421,00
    Rio 20% R$ 355,00
    Grinder R$ 405,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 421,00
    Novíssimo 20% R$ 415,00
    Cereja R$ 440,00
    Rio 20% R$ 355,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Novíssimo 25% R$ 410,00
    Novíssimo 17% R$ 420,00
    Safra 17/18 20% R$ 405,00
    Duro/riado R$ 400,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Novíssimo 16% R$ 420,00
    Novíssimo 25% R$ 410,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Futuro 2020 R$ 465,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 417,00
    Novíssimo 20% R$ 412,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Duro/riado/rio R$ 382,00
  • Vitória
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 308,00
    Conilon T. 7 R$ 302,00
    Conilon T. 7/8 R$ 295,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 420,00
    Novíssimo 20% R$ 412,00
    Futuro 2019 R$ 425,00
    Duro/riado R$ 398,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Compostos OIC R$ 102,34
    Colombianos R$ 130,39
    Outros Suaves R$ 130,17
    Brasileiros R$ 103,84
    Robustos R$ 78,34
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Agnocafé R$ 421,00
    Cepe Arábica R$ 415,41
    Cepea Conilon R$ 305,42
Nedstat Basic - Free web site statistics