AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Para Onde Vai o Mercado?


Por Marcelo Fraga Moreira

Será que o mercado finalmente acordou?

A semana começou com a divulgação da entrevista realizada pela Sincal com o Sr. Antônio Francisquini (o maior produtor de café do Brasil e do mundo). Conforme o sr. Francisquini a safra 21/22 já está comprometida e a safra 22/23 também será impactada. Na safra 21/22 algumas de suas lavouras produziram apenas 5 sacas por hectare! Muitas lavouras acabaram sendo “esqueletadas” e outras estão mudando de cultura para soja e milho. O período prolongado da seca atrelado as geadas que castigaram os cafezais já estão refletindo na recuperação e desenvolvimento das plantas.

A tão esperada florada abortou em muitas lavouras e o pegamento não foi como o esperado! Como já falamos aqui, muitos “jovens analistas”, agrônomos, corretores, brokers com menos de 40/45 anos de idade nunca viram ou passaram por um momento tão crítico / experiências como essa. Felizmente o aprendizado adquirido durante muitas safras e os “cabelos brancos” ainda dão uma surra em muita gente! Sr. Francisquini o nosso muito obrigado por compartilhar seus conhecimentos conosco! E que juntos tenhamos ainda muitas safras pela frente!

Muitas previsões realizadas apenas com base nas fotos das floradas e “extrapolações” terão que ser revistas e stadas em breve! Brasil produzindo 60-66 milhões de sacas para a próxima safra 21/22 parece uma piada de mal gosto!

Ainda não sabemos qual o estoque de passagem da safra 20/21 para 21/22 (obrigado Conab!), nem mesmo a produção correta para a safra 21/22 (números continuam entre 40/44-57 milhões de sacas) e já estamos falando da safra 23/24! Como diria meu amigo Aldo Alvarez: “Hold your horses”!!

Os “fundos+especuladores” voltaram as compras e terminaram o período comprados em +50.755 lotes (segundo o CFTC*). Na semana os preços chegaram a oscilar +1.900 pontos (com o Set-22 negociando entre a mínima/máxima/fechamento respectivamente @ 220,60 / 239,00 / 233,05 centavos de dólar por libra-peso). O Set-22 já subiu + 3.200 pontos ou +15% apenas nesse mês de novembro!

Considerando a posição em aberto em +341.000 lotes, nesses 19 dias de novembro-21, o mercado de café teve “chamada de margem adicional” estimada em +42,00 US$/saca ou 4,1 bilhões de dólares. Será que esse é um dos motivos para os grandes bancos e corretoras estarem superestimando a próxima safra com notícias “baixistas” para dar uma folga nos seus livros / sobrevida aos seus clientes “vendidos”?

O mercado sente cheiro de sangue, e parece que o cheiro de sangue está atraindo mais tubarões para o tabuleiro! Nos próximos 15/20 dias tanto o USDA* quanto a Conab* publicarão as últimas projeções para as safras 20/21, 21/22 e 22/23. Será que os grandes fundos já estão se posicionando e antecipando um cenário ainda mais explosivo?

Dui a pouco a bolsa de Nova Iorque poderá aumentar novamente o valor da “margem inicial”. Se o mercado atingir nosso objetivo de médio prazo nos 280 centavos de dólar por libra-peso, e mantendo o mesmo número de lotes em aberto, o mercado vai precisar de pelo menos  +4,5 bilhões de dólares para cobrir novas chamadas de margem! Aí o mercado vai separar os “meninos dos adultos”!

Como já falamos, seguimos extremamente positivos para o médio prazo. Pelos nossos modelos os fundamentos continuam muito positivos e o índice “estoque x consumo” só voltará a negociar acima dos 20% daqui 4-5 anos! A não ser que a projeção do aumento do consumo em +2% ao ano (estimada pela OIC*) não se materialize. Então, para esse   índice voltar a trabalhar dentro da “normalidade” o ajuste nos próximos 1-2-3 anos vai ser através da redução do consumo e consequente aumento nos preços!

Seguimos trabalhando com preços buscando os 280 centavos de dólar por libra-peso. Em algum momento de stress o mercado poderá até mesmo buscar os 350/400 centavos de dólar por libra-peso (precisamos ficar atentos com eventuais problemas com as chamadas de margem/ordens de “stops”; novos riscos de geadas no Brasil entre junho-julho-22; problemas com produção na Índia, América Central, e Vietnam; e os problemas com a guerra civil na Etiópia). Hoje qualquer +/-1 milhão de sacas no quadro de “oferta e demanda” impacta o mercado!

O mercado interno brasileiro segue “devagar”, mas “grandes negócios” vem acontecendo. Nessa semana duas grandes empresas “entraram e saíram” do mercado após cada uma comprar entre +35/+40 mil sacas de café. Ou seja, estão cobrindo suas necessidades, pagando o preço do dia, “montando grandes lotes em off” e “fazendo um rapa no mercado em silêncio” para não “puxarem os preços pra cima”. Nessas horas os corretores envolvidos estão fazendo um excelente trabalho protegendo seus clientes!

Tivemos novas noticias onde algumas empresas estão preferindo embarcar o café em navios e não mais em containers. Apesar de ser uma logística um pouco mais complicada / complexa a operação em navios representa uma economia ao redor dos 250 US$/ton ou 15 US$/saca! A procura por embarques “part-cargo”, para embarques entre 2-5 mil toneladas (equivalente entre 100 – 250 conteiners) não cabe na logística de muita gente, mas acreditamos que parcerias serão feitas até o mercado logístico voltar a se estabilizar. Essas “janelas de oportunidade / arbitragens” não costumam durar muito tempo.

Ótima semana a todos!

*Marcelo Fraga Moreira é um profissional há mais de 30 anos atuando no mercado de commodities agrícolas, escreve este relatório sobre café semanalmente como colaborador da Archer Consulting.

Comentarios

Inserir Comentário
Data: 21/11/2021 11:49 Nome do Usuário: Francisco
Comentário: Aqui na minha região produtores fizeram podas a semana passada, eu começo amanhã, 20% da área. Lavouras q estavam preparadas para mais de 40 scs/ha, iriam produzir menos d 10 novamente.
Data: 21/11/2021 09:32 Nome do Usuário: Paulo jose
Comentário: Nao conseguimos ver o volume de mais de 40milhoes de sacas nessa safra atual colhida,onde ta o cafe,?na minha fazenda nao veio ninguem fazer pesquisa,calculos e fotos de áreas nao é pesquisa,
Data: 21/11/2021 09:28 Nome do Usuário: Paulo jose
Comentário: Cafe pode ir a 3 mil a saca,nao vamos cobrir nossos custos,pois nao teremos o suficientecafe para vender Só Deus mesmo pra dar uma luz
Data: 21/11/2021 09:26 Nome do Usuário: Paulo jose
Comentário: Minha safra regiao zona da mata de.minas safra colhida anterior 3900 sc,safra atual 900sc73% quebra,estimativa proxima safra 2000,quebra de 49% Estao satisfeito? Nao da pra fica na cafeicultura
Contrato Cotação Variação
Março 237,90 - 5,75
Maio 238,10 - 5,70
Julho 237,20 - 5,55
Contrato Cotação Variação
Março 2.214 - 14
Maio 2.179 - 13
Julho 2.170 - 12
Contrato Cotação Variação
Março 292,65 - 3,25
Maio 291,45 - 1,55
Setembro 292,45 - 1,90
Contrato Cotação Variação
Dólar 5,4550 + 0,72
Euro 6,1860 + 0,93
Ptax 5,4401 + 0,43
  • Varginha
    Descrição Valor
    Safra 20/21 15% R$ 1600,00
    Novíssimo 25% R$ 1580,00
    Rio com 30% R$ 1450,00
    Duro/riado R$ 1500,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Pen. 14/15/16 R$ 1630,00
    Novíssimo 15% R$ 1600,00
    Rio com 25% R$ 1450,00
    Duro/riado 25% R$ 1500,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Safra 20/21 10% R$ 1620,00
    Safra 20/21 15% R$ 1600,00
    Safra 20/21 20% R$ 1590,00
    Cereja R$ 1650,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Novíssimo 10% R$ 1620,00
    Safra 20/21 15% R$ 1600,00
    Riado/rio 25% R$ 1500,00
    Cereja R$ 1650,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Safra 20/21 20% R$ 1580,00
    Novissímo 25% R$ 1570,00
    Duro/riado R$ 1480,00
    Escolha 96% R$ 1100,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 1600,00
    Novíssimo 25% R$ 1580,00
    Rio com 30% R$ 1420,00
    Duro/riado R$ 1500,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Brasileiros R$ 1743,00
    Robustos R$ 780,00
    Outros Suaves R$ 2015,00
    Colombianos R$ 2180,00
    Compostos OIC R$ 1506,00
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Cepea Arábica R$ 1487,18
    Agnocafé 20/21 R$ 1600,00
    Cepea Conilon R$ 827,58
  • Linhares
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 836,00
    Conilon T. 7 R$ 827,00
    Conilon T. 7/8 R$ 821,00