AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Cooperativa cafeeira: mesmo com pandemia, 2021 teve resultados positivos


Ao avaliar os principais fatos e acontecimentos do ano de 2021, torna-se necessário recordar que a pandemia iniciada no ano anterior, apresentou seus reflexos em todas as áreas da economia, com grandes desafios especialmente, devido a maior crise de estrutura logística da história mundial e que impacta diretamente o agronegócio brasileiro. Com isto, o ano de 2021 foi marcado por muitas incertezas.

Dentre os caminhos que a Cooabriel trilhou para vencer as incertezas, foi dar foco no alinhamento de estratégias de trabalho aplicado em todas as áreas afins e na implementação do programa de inovação tecnológica e modernização do sistema de tecnologia de gestão de processos de negócios. Desta forma, mesmo em meio a tantos desafios o ano resultou também em muitas conquistas.

No iniciar do ano, ainda em março, a Cooabriel realizou sua Assembleia Geral Ordinária (AGO) de forma inédita, 100% via plataformas digitais. A mudança de formato para somente online foi necessária para atender a normativos de restrição à Covid-19. Na ocasião, foi distribuído para os cooperados um total de R$ 6.947.892,00, sendo esse valor dividido em crédito nas lojas e na conta capital de cada produtor.

Trazendo para os investimentos feitos, em 2021 foram iniciadas as obras do novo armazém de café na cidade de Águia Branca/ES. A construção conta com aproximadamente 8.000 m² construídos, se tornando uma das maiores estruturas de armazenagem da cooperativa. Esse armazém já faz parte da reorganização com foco na rastreabilidade de café.

Ainda foi adquirido um imóvel para futuras instalações da loja e armazém de café em Camacã/BA. E em Vila Pavão/ES, a inauguração do armazém de adubo e compra de imóvel para armazenagem de café.

O plano de exportação de café foi implementado, com a estruturação do departamento de exportação e apresentou bons resultados já no início de 2021.

“O ano de 2021 foi muito planejado e alcançamos bons resultados. Um deles é o aumento da exportação. O sentimento é de gratidão. Para ano de 2022 também há muita expectativa”, ressaltou a conselheira fiscal Veronica Kruger.

Em 2021, foi o início do projeto de pimenta-do-reino e o antigo armazém da cooperativa em Vila Valério/ES é a base deste projeto piloto, que provou ser um sucesso.

A Cooabriel inovou com a busca crescente por cafés certificados, intensificando ações voltadas a essa linha, estabeleceu novos critérios para a participação na Certificação 4C, podendo comemorar a revalidação da certificação.

Os resultados foram possíveis a partir da estruturação do Departamento de Exportação e Sustentabilidade, que integra a Gerência de Mercados da Cooabriel.

A pandemia trouxe diversas mudanças e uma delas está relacionada ao uso da tecnologia nas empresas.  As adaptações para proporcionar uma metodologia diferente e eficiente de trabalho fizeram com que fosse necessário criar formas de conectividade e produção à distância das suas unidades locais. Essa mudança, além de trazer a solução de não parar a produtividade, gerou também riscos, como a segurança de dados.

Diante desse momento, e da necessidade de adequação tecnológica para autonomia e segurança da sua rede de dados, a cooperativa iniciou uma renovação tecnológica, utilizando toda tecnologia Cloud da Microsoft.

Nessa nova adequação também, pontuamos o processo de contratação e início dos trabalhos no novo software – ERP, Microsoft Dynamics 365 F&O (Finance & Operations), sistema de gestão empresarial. As ações até a implantação devem prosseguir até o ano de 2023, tempo de preparo da cooperativa para o novo sistema.

“2021 foi iniciado com muitas incertezas e não imaginávamos como terminaria. Mas foi concluído com sucesso e os obstáculos foram superados. Com o crescimento da cooperativa, é preciso que as informações e processos estejam em segurança. Por isso, o processo tecnológico iniciado em 2021 terá continuidade”, disse o diretor-secretário da Cooabriel, Jonathan Rondelli.

Vale aqui relembrar reestruturações internas visando maiores resultados e melhores controles internos, como a criação da Gerência de Tecnologia, reestruturação da gerência de RH e da gerência administrativa financeira, no redirecionamento dos trabalhos do setor de controladoria e a reestruturação da coordenação de marketing. E ainda no início do ano de 2021 a criação da superintendência geral.

Diante das expectativas de crescimento de volume de safra, em junho, a Cooabriel chegou a 1 milhão de sacas de 60kg de café recebidas dos cooperados em toda área de ação da cooperativa.

“Quero deixar os agradecimentos a cada um dos nossos cooperados pela conquista e pela credibilidade e confiança em nosso trabalho. Agradecemos também os nossos colaboradores pelo empenho e dedicação. Vamos trabalhar muito para melhorar cada vez mais a prestação de serviços. Juntos, nós seremos mais fortes”, comemorou o presidente Luiz Carlos Bastianello.

Entretanto, desafios também foram superados. Na segunda quinzena de julho, a safra teve um atraso em razão da falta de uniformidade na maturação dos grãos e à escassez de mão de obra.  Em outubro, o mercado ficou dias parados sem aviso prévio ao cafeicultor, após sucessivas altas no valor da saca.

No quesito qualidade, na edição de 2021, o XVIII Concurso Conillon de Excelência recebeu um total de 149 inscrições com cafés produzidos pelos cooperados. No evento de premiação foi reconhecido o café Conillon de 90 pontos, o grande campeão, degustado por um júri técnico exigente, tendo como head o senhor Silvio Leite.

O 1º Leilão Internacional realizado pela Cooabriel arrematou 73 sacas de cafés dos dez finalistas do XVIII Concurso Conillon de Excelência e gerou mais de R$ 126 mil em negócios.

O lance histórico para o café conillon foi arrematado pela empresa Louis Dreyfus no valor de R$ 4 mil em uma saca do café do vencedor do concurso, o cooperado Edgar Bastianello.

“2021 foi um ano diferenciado, pois a cooperativa cresceu acima do esperado. Crescer não é fácil e precisamos tomar decisões assertivas e com foco nos resultados”, afirmou o vice-presidente da Cooabriel, Onivaldo Lorenzoni.

A Cooabriel manteve a 22ª posição de Maior Empresa do Espírito Santo, de acordo com o Ranking IEL-Findes – edição 2021, publicado no 25º Anuário 200 Maiores e Melhores Empresas do Espírito Santo. O Ranking Geral foi apurado segundo Receita Operacional Bruta (ROB) referente ao exercício de 2020.

No Ranking por setor a Cooabriel é a 4ª maior empresa dentre as 10 maiores na categoria comércio atacadista capixaba. E na classificação das empresas em receita líquida por empregado a Cooabriel é a 20ª no ranking.

Na análise dentre as cooperativas capixaba, a Cooabriel é a segunda no ramo agropecuário e a 3ª em classificação dentre as mais de vinte cooperativas do ranking.

No ano de 2021 obtivemos mais um sucesso da nossa Black Week, semana de descontos nas lojas que foi abraçada pelo produtor e que a cooperativa apresenta ofertas imperdíveis. E finalizamos o ano, com o 1º encontro de líderes e gestores, uma tarde de reconhecimento das pessoas que trabalham dia a dia para levar o melhor para a Cooabriel e seus cooperados.

“Sobre os resultados da Cooabriel em 2021 temos muito a agradecer. O dever de casa foi bem realizado, as equipes entenderam o chamado e os números e as ações aconteceram, como a superação da marca de R$ 1 bilhão de reais em faturamento e resultado líquido próximo de R$ 50 milhões”, disse o superintendente da cooperativa, Carlos Augusto Pandolfi.

Para 2022, a 2ª edição da Feira de Agronegócios da Cooabriel já tem data marcada e será realizada de 28 a 30 de julho, em São Gabriel da Palha. A inauguração de novas unidades, a próxima já na cidade de Sooretama/ES.

“Trabalhamos para atender ao cooperado e parceiros com uma estrutura mais eficiente e um trabalho de excelência. Em 2022, iremos ampliar os investimentos para levar a qualidade do conillon mundo afora”, finalizou Bastianello.

Finalmente, nossa gratidão aos nossos cooperados, nossos colaboradores, nossos clientes e parceiros, mas principalmente muita gratidão a Deus permitiu as atividades em 2021.

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Julho 216,70 + 3,05
Setembro 217,00 + 3,05
Dezembro 216,90 + 3,10
Contrato Cotação Variação
Julho 2.088 + 45
Setembro 2.088 + 43
Novembro 2.071 + 31
Contrato Cotação Variação
Julho 264,60 0
Setembro 271,00 + 4,90
Dezembro 270,35 + 4,90
Contrato Cotação Variação
Dólar 4,8580 + 0,96
Euro 5,1800 + 0,29
Ptax 4,8334 + 0,44
  • Varginha
    Descrição Valor
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Novissímo 18 R$ 1210,00
    Duro/riado 30% R$ 1250,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Pen. 14/15/16 R$ 1340,00
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Novissímo 25 R$ 1200,00
    Duro/riado 25% R$ 1260,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Certificado R$ 1330,00
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Cereja R$ 1340,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Certificado R$ 1330,00
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Cereja R$ 1340,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Safra 20/21 20% R$ 1310,00
    Safra 20/21 30% R$ 1290,00
    Repasse bene. R$ 1120,00
    Escolha 80% R$ 1080,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Duro/riado 30% R$ 1250,00
    Novissímo 18 R$ 1210,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Compostos OIC R$ 1204,00
    Colombianos R$ 1800,00
    Outros Suaves R$ 1637,00
    Brasileiros R$ 1342,00
    Robustos R$ 639,00
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Agnocafé 20/21 R$ 1320,00
    Cepea Arábica R$ 1218,65
    Cepea Conilon R$ 733,25
  • Linhares
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 780,00
    Conilon T. 7 R$ 773,00
    Conilon T. 7/8 R$ 765,00