AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Previsões climáticas devem manter mercado volátil


 O mercado futuro de café arábica encerra a semana na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) surpreendendo. Depois de acumular 1.700 pontos de desvalorização, em quatro sessões seguidas (7,7%), o vencimento julho/22, o mais negociado, subiu 8% (1.610 pontos) na quarta-feira (11/05), para cair 2% ontem (12/05), ou seja, (460 pontos), encerrando a 215,30 centavos de dólar por libra-peso. Na ICE Europe, o vencimento maio/22 do café teve queda de US$ 25,00, fechando a sessão de ontem (12) a US$ 2.050,00 por tonelada.

O dólar à vista apresentou leve queda ontem (12). A moeda fechou cotada a R$ 5,1405, em queda de 0,08%. Na semana, o dólar apresenta valorização de 1,28%. Em 2022, a moeda americana sofreu perda de 7,81%. Segundo corretores, o tom positivo da bolsa brasileira e a valorização de algumas commodities agrícolas deram certo suporte para o crescimento.

A Somar Meteorologia prevê baixas temperaturas no interior do Paraná: mínimas de 5°C em Carlópolis, 2°C em Pinhalão e 0°C em Ibaiti, na quinta-feira da semana que vem (19). “Em São Paulo e em Minas Gerais, apesar do frio, há previsão de nuvens, o que diminui o potencial para geadas”, pondera a Somar. De qualquer forma, no interior de São Paulo a temperatura mínima alcançará 3°C em Garça, em Pedregulho e Franca e 5°C em Caconde. Na semana que vem, no sul de Minas Gerais, “também são estimadas temperaturas entre 3°C e 5°C”.

No mercado físico, os pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) informaram que as cotações domésticas do café arábica e do robusta caíram ontem (12). Segundo os pesquisadores, a pressão no arábica veio do recuo dos futuros da variedade no mercado internacional. No segmento de café robusta, produtores vêm aumentando a oferta de café novo no mercado, pressionando as cotações. Os indicadores calculados pela instituição para as variedades arábica e robusta se situaram em R$ 1.271,64 por saca e R$ 755,11 por saca, com variação semanal positiva (arábica) de 2,19% e negativa (robusta) de 2,04%.

 

Fonte: Comunicação CNC

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Julho 217,65 + 4,00
Setembro 217,95 + 4,00
Dezembro 217,80 + 4,00
Contrato Cotação Variação
Julho 2.089 + 46
Setembro 2.085 + 40
Novembro 2.074 + 40
Contrato Cotação Variação
Julho 264,60 0
Setembro 267,90 + 1,80
Dezembro 267,35 + 1,90
Contrato Cotação Variação
Dólar 4,8350 + 0,48
Euro 5,1590 - 0,11
Ptax 4,7851 0
  • Varginha
    Descrição Valor
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Novissímo 18 R$ 1210,00
    Duro/riado 30% R$ 1250,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Pen. 14/15/16 R$ 1340,00
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Novissímo 25 R$ 1200,00
    Duro/riado 25% R$ 1260,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Certificado R$ 1330,00
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Cereja R$ 1340,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Certificado R$ 1330,00
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Cereja R$ 1340,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Safra 20/21 20% R$ 1310,00
    Safra 20/21 30% R$ 1290,00
    Repasse bene. R$ 1120,00
    Escolha 80% R$ 1080,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Safra 20/21 15% R$ 1320,00
    Safra 20/21 25% R$ 1300,00
    Duro/riado 30% R$ 1250,00
    Novissímo 18 R$ 1210,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Compostos OIC R$ 1204,00
    Colombianos R$ 1800,00
    Outros Suaves R$ 1637,00
    Brasileiros R$ 1342,00
    Robustos R$ 639,00
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Agnocafé 20/21 R$ 1320,00
    Cepea Arábica R$ 1218,65
    Cepea Conilon R$ 733,25
  • Linhares
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 780,00
    Conilon T. 7 R$ 773,00
    Conilon T. 7/8 R$ 765,00