AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Jurados de peso para premiar o melhor café do Espírito Santo


Em sua 14° edição, o Prêmio Realcafé/ UCC de Qualidade vai eleger e premiar os melhores cafés especiais da variedade arábica da Região das Montanhas do Espírito Santo. As amostrar inscritas serão submetidas a testes sensoriais para a avaliação do grão por uma equipe de jurados reconhecidos no Brasil e no exterior.

Jurados do 13º Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade (Foto: Divulgação/Realcafé)

Jurados do 13º Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade (Foto: Divulgação/Realcafé

Um dos jurados é Marco Suplicy, fundador da Suplicy Cafés Especiais, rede de cafeterias de São Paulo, que se destaca no mercado pela valorização dos cafés de qualidade e pela valorização dos baristas, profissionais especializados em cafés especiais. Além da rede, o empresário é associado a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e pesquisador de diversas torrefadoras e cafeterias na costa oeste dos Estados Unidos.

Suplicy conta que as provas realizadas pelos jurados no Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade são “às cegas”, ou seja, eles recebem as amostras codificadas e os critérios avaliados são as características sensoriais daquela xícara que será provada.

“É a minha terceira participação no concurso e admiro a imparcialidade de todos os avaliadores do café. Assim como as outras edições, espero encontrar cafés ainda melhores”, conta.

Ele destaca ainda que a tradição em realizar o concurso cria um círculo virtuoso no Espírito Santo, fundamental para incentivar os produtores a melhorarem o seu cultivo e apresentar um café ainda melhor.

“Até hoje, 70% da produção de cafés no Brasil vem de pequenas propriedades familiares, como as localizadas na Região das Montanhas do Espírito Santo. O Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade é um estímulo real aos produtores, pois traz ganhos financeiros reais à sua produção”, salienta Suplicy. 

Outra jurada com nome de peso é Georgia Franco de Souza, fundadora da cafeteria Lucca Cafés Especiais, localizada em Curitiba, no Paraná, barista, mestre torradora, provadora de café certificada pelo Cup Of Excellence, juíza certificada pelo Word Barista Championship (WBC) e consultora.

Para ela, que está na expectativa para a avaliação dos grãos inscritos, o Prêmio Realcafé/ UCC de Qualidade também é um grande aprendizado para os jurados, que trocam experiências e aprendem ainda mais sobre café.

“Todos nós aprendemos. Tenho a oportunidade de conhecer os produtores e entender o que eles têm feito de inovador para produzir os cafés especiais. Receber esse convite é gratificante.

Geórgia também destaca a evolução do Espírito Santo no cultivo de cafés arábicas nos últimos anos, conquistando reconhecimento em no país e no mundo.

“No campeonato de 2010, na Austrália, ao café de Brejetuba esteve entre os finalistas lado a lado com os famosos cafés do Panamá, considerados os mais caros e refinados do mundo. O Estado tem potencial e o Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade deixa isso evidente”, disse.

Dentre os jurados do concurso, também estão representantes da torrefadora japonesa Ueshima Coffee Company (UCC) e da Tristão Companhia de Comércio Exterior.

Saiba mais sobre o Prêmio Realcafé/ UCC de Qualidade

Fundado no ano de 2000 pela Realcafé, em parceria com a torrefadora japonesa Ueshima Coffee Company (UCC), o Prêmio Realcafé/ UCC de Qualidade tem fomentou o cultivo do café especial no Espírito Santo, elegendo e premiando os melhores cafés especiais da variedade arábica da Região das Montanhas do Espírito Santo.

O Deputado Federal Evair Vieira de Melo, considerado incentivador e defensor do cultivo de cafés no Espírito Santo, tem a sua formação em técnico agrícola, é degustador de café e participa do Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade desde a sua primeira edição como jurado e coordenador técnico. Ele destaca que o concurso “abriu as portas do mundo” para o café de qualidade do Espírito Santo.

“Nós não tínhamos a cultura de cultivo de cafés especiais no Espírito Santo e essa parceria entre a Realcafé e a UCC trouxe isso, conseguindo atingir todas as propriedades do Estado. Os produtores se especializaram e têm os seus grãos reconhecidos em todo o mundo. Além disso, o Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade é o primeiro concurso do mundo a juntar os conceitos de qualidade e sustentabilidade, no qual além da avaliação do grão, as práticas utilizadas nas propriedades rurais também são levadas em consideração. É um exemplo para o mundo”, salientou o deputado.

Além do reconhecimento no mercado internacional de cafés especiais, o Prêmio Realcafé/UCC de Qualidade já distribuiu em torno de R$ 2,5 milhões em prêmios para os produtores capixabas. Neste ano, o evento de premiação está previsto para o dia 2 de dezembro, na sede da Realcafé, localizada em Viana, no Espírito Santo.

Na ocasião, os 20 primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro. O primeiro colocado no concurso tem um incentivo a mais: seu grão se tornará uma edição limitada do Realcafé Reserva, uma linha de cafés especiais da Realcafé

Fonte: Realcafé

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Setembro 116,25 - 0,40
Dezembro 119,70 - 0,40
Março 123,25 - 0,35
Contrato Cotação Variação
Setembro 1.701 + 6
Novembro 1.698 + 4
Janeiro 1.703 + 4
Contrato Cotação Variação
Setembro 136,55 - 0,45
Dezembro 140,05 - 0,55
Março 146,05 + 0,30
Contrato Cotação Variação
Dólar 3,7942 + 0,30
Euro 4,4020 + 0,86
Ptax 3,7894 + 1,50
  • Varginha
    Descrição Valor
    Grinder R$ 445,00
    Safra 17/18 15% R$ 478,00
    Novíssimo 20% R$ 462,00
    Movíssimo 30% R$ 453,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Safra 17/18 15% R$ 478,00
    Novíssimo 15% R$ 467,00
    Novíssimo 25% R$ 458,00
    Peneira 17/18 R$ 540,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Futuro 2019 R$ 540,00
    Safra 17/18 15% R$ 478,00
    Novíssimo 15% R$ 468,00
    Novíssimo 25% R$ 457,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Futuro 2020 R$ 580,00
    Cereja R$ 500,00
    Novíssimo 15% R$ 468,00
    Safra 17/18 15% R$ 478,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Novíssimo 20% R$ 462,00
    Safra 17/18 15% R$ 473,00
    Novíssimo 25% R$ 453,00
    Futuro 2019 R$ 540,00
  • Vitória
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 338,00
    Conilon T. 7 R$ 334,00
    Conilon T. 7/8 R$ 328,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Safra 17/18 20% R$ 473,00
    Novíssimo 20% R$ 462,00
    Novíssimo 30% R$ 453,00
    Futuro 2019 R$ 540,00
Nedstat Basic - Free web site statistics