AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Café pode piorar sintomas de Alzheimer, revela estudo


O consumo de café a longo prazo pode piorar os sintomas neuropsiquiátricos em pessoas que sofrem da doença de Alzheimer, afirmam os cientistas. No entanto, essa demência também é caracterizada por sintomas neuropsiquiátricos, que podem estar fortemente presentes já nos primeiros estágios do transtorno.

Conhecido como sintomas comportamentais e psicológicos da demência (BPSD), ansiedade, apatia, depressão, alucinações, paranóico e sundowning, são alguns dos sintomas que se manifestam de diferentes maneiras.Eles são considerados a fonte mais forte de sofrimento para pacientes e cuidadores.

Café ou cafeína tem sido sugerido recentemente como uma estratégia para prevenir a demência, tanto em pacientes com doença de Alzheimer como em processos normais de envelhecimento, devido a sua ação no bloqueio de moléculas - receptores de adenosina - que podem causar disfunções e doenças na velhice.

No entanto, há algumas evidências de que, uma vez desenvolvidos os sintomas cognitivos, mas também os da NPS, a cafeína pode exercer efeitos opostos.

Para resolver estas questões, os investigadores da Universitat Autonoma de Barcelona (UAB) em Espanha e do Karolinska Institutet (KI) na Suécia foram conduzidos com ratos normais em envelhecimento e modelos familiares de Alzheimer.

"Os camundongos desenvolvem a doença de Alzheimer de maneira muito próxima aos pacientes humanos com a forma precoce da doença", disse Raquel Baeta-Corral, da UAB.

"Eles não só exibem os problemas cognitivos típicos, mas também vários sintomas semelhantes aos de BPSD, por isso é um modelo valioso para avaliar se os benefícios da cafeína serão capazes de compensar seus efeitos negativos putativos", disse Baeta-Corral.

"Simulamos um longo tratamento oral com uma dose muito baixa de cafeína (0,3 mg / mL) equivalente a três xícaras para um bebedor de café humano para responder a uma questão relevante para pacientes com Alzheimer, mas também para o envelhecimento da população em geral, e que em humanos levaria anos para ser resolvido, uma vez que devemos esperar até que os pacientes tenham sido envelhecidos ", disse Bjorn Johansson, pesquisador do Hospital Universitário Karolinska.

A pesquisa foi realizada desde o início da doença até estágios mais avançados, bem como em camundongos saudáveis ​​pareados por idade.Os resultados indicam que a cafeína altera o comportamento de ratos saudáveis ​​e piora os sintomas neuropsiquiátricos de camundongos com a doença de Alzheimer.

Os pesquisadores descobriram efeitos significativos na maioria dos estudos de variáveis, especialmente em relação à neofobia, medo de tudo novo, comportamentos relacionados à ansiedade e flexibilidade emocional e cognitiva.

Em camundongos com doença de Alzheimer, o aumento da neofobia e comportamentos relacionados à ansiedade exacerbam o perfil semelhante ao BPSD. Aprendizado e memória, fortemente influenciados pela ansiedade, tiveram pouco benefício com a cafeína.

"Nossas observações sobre os efeitos adversos da cafeína no modelo da doença de Alzheimer, juntamente com observações clínicas anteriores, sugerem que uma exacerbação dos sintomas semelhantes aos do BPSD pode interferir parcialmente nos efeitos cognitivos benéficos da cafeína", disse Lydia Gimenez-Llort, pesquisadora da UAB.

"Estes resultados são relevantes quando novos tratamentos potenciais para a demência derivados do café devem ser planejados e testados", disse Gimenez.

Fonte: Outlook Índia

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Dezembro 95,85 - 1,45
Março 99,20 - 1,55
Maio 101,65 - 1,55
Contrato Cotação Variação
Novembro 1.492 + 13
Janeiro 1.498 + 12
Março 1.517 + 11
Contrato Cotação Variação
Dezembro 110,20 - 2,30
Março 112,65 - 2,05
Setembro 120,45 - 2,15
Contrato Cotação Variação
Dólar 4,1422 + 0,41
Euro 4,8380 + 0,15
Ptax 4,1308 - 1,14
  • Varginha
    Descrição Valor
    Safra 17/18 15% R$ 420,00
    Novíssimo 15% R$ 425,00
    Duro/riado/rio R$ 405,00
    Cereja R$ 480,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Novíssimo 15% R$ 425,00
    Novíssimo 20% R$ 420,00
    Grinder R$ 412,00
    Moka R$ 438,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Futuro 2019 R$ 460,00
    Cereja R$ 480,00
    Novíssimo 15% R$ 425,00
    Novíssimo 25% R$ 415,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Futuro 2019 R$ 460,00
    Novíssimo 15% R$ 425,00
    Novíssimo 25% R$ 415,00
    Tipo 5 R$ 418,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Futuro 2019 R$ 460,00
    Novíssimo 15% R$ 420,00
    Novíssimo 20% R$ 415,00
    Novíssimo 30% R$ 408,00
  • Vitória
    Descrição Valor
    Conilon T. 6 R$ 321,00
    Conilon T. 7 R$ 315,00
    Conilon T. 7/8 R$ 310,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Futuro 2019 R$ 460,00
    Novíssimo 15% R$ 423,00
    Novíssimo 20% R$ 418,00
    Duro/riado R$ 414,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Compostos OIC R$ 524,01
    Colombianos R$ 668,13
    Outros Suaves R$ 646,78
    Brasileiros R$ 528,11
    Robustos R$ 414,17
Nedstat Basic - Free web site statistics