AgnoCafe - O Site do Cafeicultor
Assunto: Categoria de noticia: Data:
Imprimir notícia

Adeus, pressão alta: café verde controla hipertensão


O café é um grande amigo de diversas pessoas; muitas até não conseguem viver sem ele na mesa do escritório ou depois do almoço. Para ter o aroma e o sabor agradáveis, o grão é torrado e perde o ácido clorogênico, substância responsável pelo emagrecimento. Por tudo isso o café verde — ou seja, quando o grão ainda não passou pela torrefação — é recomendável como suplemento alimentar.

Com o ácido clorogênico ainda presente, ele "interage" com o metabolismo do corpo, pois impede que o organismo utilize açúcar dos alimentos que foram ingeridos, obrigando o corpo a retirar energia do seu próprio estoque de gordura. Em outras palavras, adeus à gordurinha localizada — porém, é claro, sempre aliado à rotina de atividades físicas e a uma alimentação saudável! Mas ele está longe de ser meramente um emagrecedor. "Essa substância ajuda a regular os níveis de glicose no sangue, por isso é indicada também para diabéticos", afirma Cleófano Leão, farmacêutico da Vital Natus.

Algumas pesquisas têm indicado que o consumo de doses entre 140-729 mg de café verde por dia ajuda (e muito) a baixar a pressão arterial. Assim, ele também é indicado para quem sofre de hipertensão, já que auxilia no seu controle e evita problemas cardiovasculares. "No entanto, é preciso ter a recomendação e a consulta de um médico, uma vez que estamos lidando com cafeína, que em uso contínuo e errôneo pode agravar a hipertensão, a úlcera, a gastrite e a insônia", orienta o farmacêutico.

Por ser ainda verde, o seu consumo in natura não é palatável, por isso a recomendação é que seu consumo seja por meio de cápsulas de suplementação alimentar. Recentemente, a Vital Natus lançou o café verde ao mercado, como uma substância natural — e não medicamento! Portanto, é fundamental saber como é a sua saúde e deixar que um médico avalie cada caso, recomendando a suplementação certa para cada um.

Comentarios

Inserir Comentário
Contrato Cotação Variação
Dezembro 122,10 + 0,05
Março 126,90 + 0,05
Maio 128,40 + 0,05
Contrato Cotação Variação
Novembro 1.717 - 39
Janeiro 1.739 - 36
Março 1.754 - 35
Contrato Cotação Variação
Dezembro 144,50 + 1,05
Março 148,05 + 0,10
Setembro 155,70 + 0,05
Contrato Cotação Variação
Dólar 3,7147 - 0,28
Euro 4,2687 + 0,14
Ptax 3,7079 + 0,31
  • Varginha
    Descrição Valor
    Futuro 2020 R$ 575,00
    Safra 17/18 15% R$ 455,00
    Novíssimo 15% R$ 470,00
    Duro/riado/rio R$ 430,00
  • Três Pontas
    Descrição Valor
    Fuuro 2019 R$ 530,00
    Duro/riado R$ 440,00
    Novíssimo 15% R$ 470,00
    Novíssimo 20% R$ 465,00
  • Franca
    Descrição Valor
    Futuro 2020 R$ 575,00
    Futuro 2019 R$ 530,00
    Novíssimo 15% R$ 470,00
    Novíssimo 25% R$ 460,00
  • Patrocínio
    Descrição Valor
    Futuro 2020 R$ 575,00
    Futuro 2019 R$ 530,00
    Novíssimo 15% R$ 470,00
    Novíssimo 25% R$ 460,00
  • Garça
    Descrição Valor
    Futuro 2019 R$ 530,00
    Novíssimo 15% R$ 452,00
    Novíssimo 20% R$ 448,00
    Novíssimo 30% R$ 440,00
  • Vitória
    Descrição Valor
    Conilon T. 7/8 R$ 335,00
    Conilon T. 6 R$ 346,00
    Conilon T. 7 R$ 340,00
  • Guaxupé
    Descrição Valor
    Futuro 2019 R$ 530,00
    Novíssimo 15% R$ 470,00
    Novíssimo 20% R$ 465,00
    Duro/riado R$ 435,00
  • Preços OIC
    Descrição Valor
    Compostos OIC R$ 569,54
    Colombianos R$ 717,29
    Outros Suaves R$ 703,10
    Brasileiros R$ 598,38
    Robustos R$ 432,92
  • Indicadores
    Descrição Valor
    Agnocafé R$ 470,00
    Cepe Arábica R$ 458,10
    Cepea Conilon R$ 343,16
Nedstat Basic - Free web site statistics